Há dias assisti à entrevista que o Daniel Oliveira fez ao Cristiano Ronaldo. É compreensível que a estrela nacional não vá para programas televisivos com um ar derrotista e sem esperança mas duvido que algum português se tenha sentido melhor depois de o ouvir. Não falo em termos futebolísticos porque aí parece que ele é magnífico. Mas ó Daniel pergunta-lhe lá se ele sabe quanto é o salário mínimo em Portugal, só para ver a reacção. Nem quero saber o que ele responderia, porque duvido ser certo, mas sei lá, uma gota de suor a cair pela testa, uma mordidela no lábio, talvez até o Cristiano a corar. É claro que ele não é o culpado, o homem faz o trabalho dele e recebe uns milhões por isso. Mas revolta-me que o país pare para assistir a uma entrevista deste género, e fuja às entrevistas a que deva recorrer para arranjar um trabalho. Enfim…

Queria dizer ainda, que adorei a frase em que ele diz: ‘Energias positivas, atraem energias positivas’, muito bem Ronaldo, da próxima vez passa pela Praça de São Bento em Lisboa que o Parlamento precisa de ti!